segunda-feira, 6 de março de 2017

2%

Nós somos raridade, somos aquele pequeno detalhe que faz toda a diferença. 
Somos a margem da humanidade, aberrações, mutações, erros genéticos.
Temos “defeitos” que enaltecem a beleza do exótico, 
aguçando desejos, causando inveja, virando fetiches.
Fomos um encontro desses que só acontece uma vez na vida, 
uma afinidade como a probabilidade mínima de existir, um raio que só cai uma vez.
Fazemos estrago com pouco, não precisamos de mais. 
Não somos mais, apenas especiais. Poucos, raros e belos.


E juntos, enquanto essa estimativa permitir.

Um comentário: